Concessão de imóvel para a Federação Espírita do Estado de São Paulo é renovada

Boa tarde, Sr. Presidente, nobres Vereadores e Vereadoras, assessores e todos os que assistem a esta sessão pela TV Câmara São Paulo.

Venho hoje dar uma notícia a todos vocês. Ontem na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo os deputados estaduais – dentre os quais incluo o Deputado Ramalho da Construção – conseguiram aprovar uma lei muito importante para uma casa que faz um trabalho belíssimo, por meio de várias ações e projetos sociais: a Federação Espírita do Estado de São Paulo.

Trata-se da renovação da concessão de uma área no Belenzinho para essa entidade por mais 60 anos. No ano passado, estivemos com o então Governador, Geraldo Alckmin, e junto esteve o Deputado Floriano Pesaro e o Secretário Fabrício Cobra. Esse pleito também foi feito pelo amigo, colega vereador Mario Covas Neto, amigo vereador Quito Formiga, e todos nós unimos forças para lutar por essa concessão, para lutar por esse projeto, conversando e dialogando mais uma vez com o Executivo, neste caso com o Governo Estadual, pois a Federação Espírita tem, realmente, um trabalho belíssimo.

Digo isso com muita felicidade porque, vou até pedir licença para vocês para fazer uma brincadeira. Digo que a Democracia começa dentro da minha casa: o meu pai veio do sertão da Paraíba, meu pai é paraibano, veio há muitos anos para cá, para São Paulo, veio do interior da Bahia, eu digo que sou nordestina, tenho sangue nordestino de pai e mãe, apesar de ter nascido em São Paulo, e me considero uma ‘parabaiana’.

Eles sempre me ensinaram o amor de Deus, sempre me ensinaram o quanto é importante pensarmos que Deus é um só. Então por que a Democracia mora em casa? Porque meu pai é espírita kardecista, minha mãe é católica e já foi professora de catequese e eu sou evangélica. Então, os três, cada um tem um segmento, tem cada um sua religião, mas foram eles mesmos que me ensinaram que Deus é um só e o quanto é importante respeitarmos a religião do outro, a crença do outro, e o que cada religião faz como bem para as pessoas e para a nossa sociedade.

A Federação Espírita do Estado de São Paulo faz projetos e ações sociais extremamente importantes, principalmente a Casa Transitória que faz esse trabalho maravilhoso, como atividades recreativas de inclusão social para a terceira idade, atendendo, em média, 200 pessoas ao dia; também tem uma instituição de longa permanência para idosos que atende 24 residentes; tem um centro de convivência para crianças e adolescentes que atende cem crianças e adolescentes diariamente; eles também administram duas creches que prestam atendimento para 174 crianças até 3 anos de idade e oferecem cursos profissionalizantes em conjunto com o Senai.

Então, hoje, trazer aqui uma luta que é de anos de alguns deputados e vereadores desta Casa e dizer que, ontem, foi aprovado e dialogado, principalmente com a bancada evangélica a importância de ter mais 60 anos dessa região, desse território, administrado pela Federação Espírita é extremamente importante.

E eu quero, nesta oportunidade também, parabenizar a presidente Zulmira Hassessian, bem como a Silvia, e todos os funcionários, colaboradores e voluntários da Federação Espírita e dizer que, para mim, é um orgulho ser filha do Ramalho da Construção.

O Ramalho que, hoje, é, para mim um pai, e uma referência na política. E, desde quando ele chegou em São Paulo – chegou para ser servente de obra, pedreiro – fez inúmeras obras, foram mais de 400 obras na cidade de São Paulo – só na Cidade – e a Federação Espírita foi uma delas. Esse prédio da Federação Espírita meu pai ajudou a construir quando era ainda um servente de obra.

Para concluir, Sr. Presidente, depois que ele construiu, ajudou a construir, foi um dos operários, dos trabalhadores que ajudaram a levantar aquele prédio da Federação Espírita, a partir dali, da conclusão daquela obra, ele passou a ser um dos estudantes. Depois que ele se formou em todos os módulos da Federação Espírita do Estado de São Paulo passou a ser um dos secretários dos módulos do curso da Federação. Então, hoje, todos os sábados, ele se dedica das 14h às 17h a dar aulas, e ajudar a dar aulas dentro dessa importante instituição.

Então, para mim, Ramalho da Construção é o meu maior exemplo de vida e de ser humano. Portanto, quero parabenizar esse grande Deputado, esse grande ser humano por ter lutado por esse projeto, por ter dialogado com o Geraldo Alckmin e por ter falado com todos os Deputados Estaduais para aprovar esse projeto ontem. Parabéns a todos e, em especial, ao Ramalho da Construção.