Prestação de contas 2018

Em seu segundo ano de mandato, em 2018, a vereadora Adriana Ramalho mostrou muito trabalho pela cidade de São Paulo. Ela apresentou 20 novos projetos, chegando à marca de 65 projetos apresentados, e teve 14 projetos transformados em leis – agora são 19 leis de sua autoria. Também esteve #LadoaLado com a população, enviando recursos para 42 intervenções em 22 bairros. Foram atividades culturais, reformas de praças e casas de cultura, recuperação de mercados municipais.

LEI Nº 16.841, de 9 de fevereiro de 2018 (PL nº 61/17, da Vereadora Adriana Ramalho)

Com o objetivo de oferecer à população mais acesso aos equipamentos culturais da cidade, o projeto de lei (PL) 61/2017 aprovado no final de dezembro na Câmara Municipal de São Paulo agora é Lei. O Prefeito sancionou o texto no dia 9 de fevereiro (Lei 16.841/2017).

O PL da vereadora Adriana Ramalho (PSDB) estende o horário de atendimento de bibliotecas, centros culturais, casas de culturas, espaços de cultura e museológicos. Com a sanção do projeto pela Prefeitura, estes equipamentos funcionarão das 8 às 22 horas, de segunda a sábado.

“A Secretaria de Cultura tem quase 200 equipamentos espalhados por toda a cidade e muitos são a única opção de cultura e lazer na periferia. Então é fundamental que a população tenha acesso a atividades fora do horário comercial e também nos fins de semana. De que adianta ter uma biblioteca aberta se no mesmo horário o estudante está trabalhando ou se deslocando no transporte público?”, explica Adriana Ramalho, líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo.

As atividades artísticas e culturais oferecidas nos Centros Educacionais Unificados (CEUs) também devem seguir o novo horário, desde que não comprometam as atividades escolares dos alunos.

Além disso, a programação no horário estendido deve ser compatível com as demandas da população do bairro e do público frequentador.