APROVADO: Programa Ativa Idade, que auxilia idosos na recolocação no mercado de trabalho

O Projeto de Lei 217/2018, de autoria da vereadora Adriana Ramalho, que cria o Programa “Ativa Idade” foi aprovado em segunda votação na Câmara Municipal dos Vereadores de São Paulo, no dia 11 de dezembro de 2019.
Idealizado pela vereadora, o Programa Ativa Idade prevê a recolocação de idosos no mercado de trabalho, visando a intermediação de mão-de-obra, colocando trabalhadores no mercado de trabalho, por meio de vagas captadas junto com empresas parceiras, diminuindo o tempo de espera na procura de um emprego.

São Paulo recebe a 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental

Do dia 22 ao 27 de abril, ocorreu na cidade de São Paulo a 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental. O evento foi incluído no Calendário Oficial de Eventos da Cidade de São Paulo pela lei municipal lei municipal 17.016/2018 de autoria da vereadora Adriana Ramalho, e promovido pelo mandato em parceria com a Associação de Direito de Família e Sucessões – ADFAS.

Prestação de contas 2018

Em seu segundo ano de mandato, em 2018, a vereadora Adriana Ramalho mostrou muito trabalho pela cidade de São Paulo. Ela apresentou 20 novos projetos, chegando à marca de 65 projetos apresentados, e teve 14 projetos transformados em leis – agora são 19 leis de sua autoria. Também esteve #LadoaLado com a população, enviando recursos para 42 intervenções em 22 bairros. Foram atividades culturais, reformas de praças e casas de cultura, recuperação de mercados municipais.

Conheça a Lei 16.732/2017 – Programa Tempo de Despertar

No dia 02 de novembro de 2017, saiu no Diário Oficial da Cidade de São Paulo a sanção da Lei 16.732/2017 pelo prefeito João Dória. Trata-se do projeto da vereadora Adriana Ramalho, que cria o Programa Tempo de Despertar.

Este projeto da líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo obriga homens que cometem violência contra a mulher a participar de grupos de reflexão e discussão sobre violência doméstica.

 

Lei nº 16.917 de 7 de junho de 2018 (PL 18/2018 – Inclui a Caminhada da Aids no calendário de eventos da cidade)

A Caminhada da AIDS foi incluída no Calendário de Eventos da Cidade com a lei nº 16.917/2018, criada a partir de projeto de lei de autoria da vereadora Adriana Ramalho

A Caminhada da AIDS tem o objetivo de trazer visibilidade sobre HIV/AIDS, sobre o tratamento adequado e sobre a prevenção da doença. Segundo pesquisa realizada em 2016, cerca de 48 mil pessoas vivem com HIV na cidade de São Paulo. Felizmente, a taxa de mortalidade caiu significativamente, graças à conscientização sobre prevenção e tratamento adequados.

Lei nº 16.908 de 06 de junho de 2018 (PL 473/2017 – Inclui no Calendário de eventos da cidade o Festival de Danças Folclóricas Internacionais)

O Festival de Danças Folclóricas Internacionais foi incluído no Calendário de Eventos da Cidade de São Paulo com a Lei nº 19.908/2018, que teve origem em projeto apresentado pela vereadora Adriana Ramalho.

A celebração da data tem o objetivo de promover a preservação das tradições e dos valores culturais das comunidades imigrantes.

O Festival acontece desde 1972, e surgiu como forma de aproximar as diversas comunidades imigrantes e estimular a preservação das tradições e valores trazidos para o Brasil.

Hoje em dia, o Festival de danças Folclóricas Internacionais é reconhecido como uma celebração da democracia e da pluralidade de culturas. São recebidos anualmente mais de 4 mil espectadores, e conta com a participação de mais de 600 dançarinos apresentando danças folclóricas de mais de 20 nações.