Crise afetou investimentos em zeladoria

 

Sr. Presidente, foi falado aqui sobre a zeladoria da cidade de São Paulo. Mais uma vez, venho falar sobre o desprendimento e a dedicação com a cidade de São Paulo na gestão João Doria. Estamos finalizando o ano de 2017, começamos o mês de dezembro e em 11, 12 meses a dedicação do Governo João Dória, das Secretarias, de todos os Secretários, dos Prefeitos Regionais em cuidar da cidade de São Paulo.

Enfrentamos a maior crise da época, a maior crise dos últimos anos e isso afetou todo o setor privado e o setor público, o orçamento e os valores direcionados para zeladoria da cidade.

Fico indignada que em quatro anos da última gestão, gestão Haddad, tivemos resultados e apontamentos concretos, reais, do que S.Exa. fez em quatro anos para a cidade de São Paulo que é igual a nada, a zero e a cobrança que vem agora de algo que é infundado, que não é real, na questão de um ano de gestão João Doria.

Eu também ando pela cidade. Eu também ando nas periferias, converso com os moradores, com a população e estou dentro das comunidades. O Prefeito João Doria sempre destacou em seus discursos e no seu plano de Governo a atenção para com as periferias e a prioridade na área da saúde. A zeladoria tem sido feita sim na nossa cidade, que antes era uma cidade escura e que agora temos iluminação nos principais monumentos, nos principais prédios da cidade. A cidade voltou a brilhar.

Temos também a questão da poda das árvores que, sim, é algo delicado e que tem sido feita pelos Prefeitos Regionais. A 23 de Maio, hoje, é o principal corredor verde da cidade de São Paulo. Temos agora uma área verde que antes era sucateada e suja. Temos também a questão do maior programa de recape deste Governo, no qual foi investido um total de 350 milhões, que é o Programa Asfalto Novo. Nós temos o Tapa Buraco, que, pelas denúncias apontadas pelo 156, foi zerado.

Por indicação, novas ruas estão sendo feitas, e os prefeitos regionais têm suprido essa grande demanda. Então, chegar aqui e apenas criticar um governo com o qual um ou outro Vereador não concorda… Temos, sim, o Prefeito João Doria, que é um ótimo gestor, que é um ótimo ser humano, um ótimo empresário, mas, principalmente, ama a cidade de São Paulo. Por isso, acorda cedo, dorme tarde, dorme de 4 a 5 horas por noite, porque se dedica à cidade que tanto ama. Isso, ninguém pode contestar. Quem consegue ter o ritmo João Doria? São poucos. Poucos conseguem trabalhar aos sábados, aos domingos, aos feriados e fazer um trabalho de resultado.

Mesmo que o nosso ilustre Fernando Haddad – por quem tenho tanto admiração, principalmente porque tenho admiração pelo Vereador Reis – tenha tentado dar o seu melhor, o melhor dele nem se compara ao melhor que o Prefeito Doria tem dado em apenas um ano de gestão. É incomparável, é discrepante. Infelizmente, gostaria até que tivesse, mas não tem comparação. Que outros gestores e outros governantes que vierem consigam manter o ritmo João Doria e consigam manter os parâmetros de trabalho e resultados que a Cidade tanto merece.

Obrigada, meu presidente, vereador Eduardo Tuma.