Mais tempo para aproveitar os equipamentos de cultura municipais na cidade de São Paulo

Com o objetivo de oferecer à população mais acesso aos equipamentos culturais da cidade, o projeto de lei (PL) 61/2017 foi aprovado em segunda votação na noite desta segunda-feira (18/12/17) na Câmara Municipal de São Paulo.

O texto da vereadora Adriana Ramalho (PSDB) estende o horário de atendimento de bibliotecas, centros culturais, casas de culturas, espaços de cultura e museológicos. Com a sanção do projeto pela Prefeitura, estes equipamentos funcionarão das 8 às 22 horas, em todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos.

“A Secretaria de Cultura tem quase 200 equipamentos espalhados por toda a cidade e muitos são a única opção de cultura e lazer na periferia. Então é fundamental que a população tenha acesso a atividades fora do horário comercial e também nos fins de semana. De que adianta ter uma biblioteca aberta se no mesmo horário o estudante está trabalhando ou se deslocando no transporte público?”, explica Adriana Ramalho, líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo.

As atividades artísticas e culturais oferecidas nos Centros Educacionais Unificados (CEUs) também devem seguir o novo horário, desde que não comprometam as atividades escolares dos alunos.

Além disso, a programação no horário estendido deve ser compatível com as demandas da população do bairro e do público frequentador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *