Prefeitura inaugura 1° Pátio de Compostagem na Zona Leste

Este produto pode ser utilizado na manutenção de parques e praças, além de ser distribuído para feirantes e munícipes gratuitamente. Ao todo, serão reciclados anualmente cerca de 2,8 mil toneladas de resíduos orgânicos de 44 feiras livres.

A prefeitura inaugurou no final de novembro o primeiro Pátio de Compostagem da Zona Leste. O espaço, terceiro implantado na cidade, vai retirar anualmente dos aterros sanitários 2,8 mil toneladas de resíduos orgânicos, transformando-os em cerca de 420 toneladas/ano de composto de qualidade.

O terreno com 4.539 m² localizado na Rua Cirino de Abreu conta com nove leiras (canteiros), que receberão semanalmente cerca de 60 toneladas de resíduos orgânicos (frutas, legumes e verduras), vindos das 44 feiras livres dos bairros Água Rasa, Belém, Brás, Mooca, Pari e Tatuapé. Assim como nos pátios em funcionamento na Lapa, Zona Oeste, e na Sé, Centro, os resíduos receberão tratamento ambientalmente adequado.

A iniciativa da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) é um avanço para a cidade de São Paulo no cumprimento das metas do Programa Nacional de Resíduos Sólidos. Além de diminuir a quantidade de resíduos destinados aos aterros, propicia a diminuição das emissões de dióxido de carbono no meio ambiente e economia nos custos de operação – uma vez que evita o deslocamento de caminhões.

Desde o início do projeto em dezembro/2015, São Paulo deixou de enviar para os aterros sanitários cerca de 3.900 toneladas de resíduos orgânicos, transformando-os em aproximadamente 500 toneladas de composto orgânico de alta qualidade.

O desenvolvimento dessa estrutura é uma parceria entre Amlurb com Subprefeitura da Mooca e a empresa Inova.

Serviço:

Confira os endereços dos pátios de compostagem da cidade

Lapa
Avenida José Maria de Faria, nº 487 (Lapa de Baixo)


Avenida do Estado, altura do número 3.000

Mooca
Rua Cirino de Abreu, em frente ao nº 456

* O munícipe pode se dirigir aos pátios para retirar os compostos orgânicos gratuitamente.

De Secretaria Especial de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *