São Paulo recebe a 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental

Do dia 22 ao 27 de abril, ocorreu na cidade de São Paulo a 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental. O evento foi incluído no Calendário Oficial de Eventos da Cidade de São Paulo pela lei municipal lei municipal 17.016/2018 de autoria da vereadora Adriana Ramalho, e promovido pelo mandato em parceria com a Associação de Direito de Família e Sucessões – ADFAS.

O projeto, aprovado no ano passado, foi uma ideia da Dra. Katia Boulos, que foi presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB São Paulo por dois mandatos e é diretora nacional de relações institucionais da Associação de Direito de Família e Sucessões.

Sobre Alienação Parental

A alienação parental é um dos temas mais delicados tratados pelo direito de família, considerando os efeitos psicológicos e emocionais que a prática desses atos pode provocar nas relações entre crianças e adolescentes e seus pais, avós e familiares. É toda interferência na formação psicológica da criança ou adolescente promovida por um dos genitores para que se afaste do outro genitor.

Pode se dar de diferentes maneiras, como proibir que o pai ou mãe veja a criança, fazer chantagens, manipular, influenciar a criança ou adolescente contra o pai/mãe e familiares, dificultar visitas, omitir informações sobre os filhos, apresentar falsas denúncias para dificultar a convivência, entre outras atitudes que prejudicam ou impedem a relação do filho com um dos genitores e familiares.

 Resumo da 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental

Durante uma semana, foram realizados encontros, seminários, palestras e rodas de conversas acerca do tema, promovendo trocas de experiências entre poder público, sociedade civil, instituições de ensino superior, ONGs, profissionais nas áreas de Direito, Psicologia, Pedagogia, Serviço Social e áreas afins.

1º Dia: Abertura 

A abertura da 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental aconteceu no dia 22 de abril no Auditório Prestes Maia na Câmara Municipal de São Paulo. Na ocasião, houve uma palestra com Dr. Eduardo Pereira Leite, um dos maiores especialistas no assunto. Participaram também do evento Dra. Kátia Boulos, Dr. Roberto Senise Lisboa, a secretaria municipal de Direitos Humanos e Cidadania Berenice Maria Giannella, a Inspetora da GCM Elza de Souza e o presidente do Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil) Ramalho da Construção.

2º Dia: Roda de Conversa

No segundo dia, o Centro de Cidadania da Mulher em Santo Amaro, recebeu uma roda de conversa comandada pela vereadora Adriana Ramalho e pela Dra. Kátia Boulos. Representes da OAB de Santo Amaro marcaram presença no encontro.

3º Dia: Juventude Participativa

O auditório da Prefeitura Regional de Vila Maria/Vila Guilherme acolheu o terceiro dia de evento, que foi marcado pela participação dos alunos da Escola Estadual Maria Montessori, formando uma platéia participativa e muito interessada no tema proposto naquela tarde. Participaram também conselheiros tutelares, assistentes sociais, educadores, advogados e membros da OAB Santana.

4º Dia: Casa Metropolitana de Direito

No Dia Internacional de Combate à Alienação Parental, as atividades da 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental chegaram à Casa Metropolitana do Direito, da FMU em um evento transdisciplinar, com palestras de docentes do Direito, Psicologia, Enfermagem e Serviço Social. A vereadora Adriana Ramalho e a Dra. Kátia Boulos ao lado das professoras Rogéria Ventura, Angela Maria Lima Santos, Lidia Folgueira Castro, Lucienne Dalla Bernardina e Rosimeire Mantovani, palestraram sobre o tema, cada uma dentro da sua ótica de atuação.

5º Dia: Conversa com Lideranças Comunitárias

No penúltimo dia de encontro, a Casa de Cultura do Butantã recebeu um bate-papo acerca do tema, voltado para lideranças comunitárias, gestores e conselheiros da saúde e educação, representantes da Associação Comercial e Rotary.

6º Dia: Encerramento

O Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo estava lotado no encerramento da 1ª Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental no dia 27 de abril.

Com as palestras muito especiais da idealizadora desse projeto Dra Kátia Boulos, a psicojurista Dra Verônica Cezar-Ferreira, e as presenças  da deputada Rosmary Correa, a presidente do Sindicato das Costureiras, Eunice Cabral, e a vereadora de Americana, Maria Giovana Fortunato.

Na plateia, advogados, conselheiros tutelares, educadores, líderes comunitários e conselheiros de saúde, entre outros, que se tornaram todos agentes multiplicadores dessa conscientização sobre o prejuízo da alienação parental sobre as nossas crianças e adolescentes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *