Conpresp aprova o tombamento de quatro obras do arquiteto modernista Rino Levi

A vereadora Adriana Ramalho, representante da Câmara Municipal de São Paulo no Conpresp, apresentou pareceres favoráveis ao tombamento de quatro obras do arquiteto Rino Levi, entre elas o prédio do Hospital A.C. Camargo (foto).

O escritório de Levi foi um dos responsáveis pela transformação e modernização da paisagem urbana paulistana. Tornou-se uma das referências da arquitetura moderna, era especialista em arquitetura hospitalar, de cinemas e teatros.

O Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) já reconheceu a importância das obras de Levi, pois 13 delas já são tombadas pelo órgão de preservação. Por isso, a vereadora Adriana Ramalho fez parecer pelo tombamento de mais quatro edifícios modernos, que se destacam na paisagem da São Paulo de hoje: Hospital A.C. Camargo, Laboratório Paulista de Biologia e os edifícios Trussardi e Porchat.

Em reunião do Conpresp realizada em 12 de março, os conselheiros votaram a favor dos pareceres e mais quatro obras de Levi estão protegidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *